Pastoral do Dízimo

O Dízimo não foi inventado; ele nasceu espontaneamente, como resposta do homem e da mulher à bondade e misericórdia de Deus. "Cada um que se dispõe a oferecer o Dízimo o faça conforme suas posses e de acordo com seu coração" (2 Cor 9,7). Implantado há alguns anos em nossa paróquia, conta com uma equipe formada por paroquianos e paroquianas fiéis e atuantes.  O Dízimo em nossa paróquia busca desenvolver  as três dimensões fundamentais: DIMENSÃO RELIGIOSA, DIMENSÃO SOCIAL E DIMENSÃO MISSIONÁRIA.

Todo segundo domingo de cada mês e no sábado anterior  os agentes da pastoral do dízimo recolhem a doação dos dizimistas. Fora deste dia, o dízimo deve ser entregue diretamente na secretaria paroquial.

Sem dúvida alguma, nada melhor do que entender que o dízimo é de origem bíblica. Só podemos compreender Um dízimo que tenha embasamento na Palavra de Deus. Assim entendido, desfazem-se todas as dúvidas sobre essa forma de contribuição.A Bíblia está cheia de referências sobre o dízimo, ofertas, coletas, esmolas, etc.

Muitos se confundem quanto à diferença entre dízimo, oferta e esmola. O dizimista – e o cristão em geral – deve estar atento à diferença que existe entre essas expressões. Uma não supõe a outra. Ao contrário, uma exclui a outra. 

Dízimo:  É a décima parte que ofereço a Deus e, em nosso caso, à Igreja. Nossa Igreja não exige que se dê dez por cento dos rendimentos pessoais. O dízimo é uma forma estipulada pelo fiel e educativa para levar o povo a se lembrar concretamente de Deus na época das colheitas e das crias dos rebanhos. Em nosso caso, como vivemos na cidade e somos assalariados, nosso dízimo é mensal. “Há quem dá generosamente, e sua riqueza aumenta ainda mais; e há quem acumula injustamente, e acaba na miséria. Quem é generoso progride na vida, e quem dá de beber jamais passará sede. O povo amaldiçoa quem sonega alimentos, e abençoa quem os põe no mercado.” (Provérbios 11,24-26)

Oferta:  Ato de oferecer(-se); oferecimento. A oferta também deve ser feita a partir de um trabalho de conscientização. Oferta não é qualquer coisa que ofereço a Deus, à Igreja. Devemos fazer a oferta de acordo com o impulso do coração. O livro do Êxodo (22,29a) diz: “Não tardarás a oferecer-me as primícias de tua colheita e de tua vindima”.·  

Esmola:  No dicionário encontramos assim registrado o significado da palavra esmola: “o que se dá aos necessitados, por caridade ou filantropia; óbolo, espórtula. Auxílio, amparo; benefício. Donativo em dinheiro, que se faz  à comunidade, normalmente durante a apresentação das oferendas.  Jesus, ao desmascarar a hipocrisia dos fariseus, assim se refere às esmolas: “Quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que fez a direita” (Mt 6,3).